Melhor Sex Shop virtual!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Minha querida Emily


Quando comecei a namorar a Emily, foi um Diabólico namoro, faziamos sexo todos os dias, todas as horas! Ainda mais que haviamos comprado nosso primeiro apartamento juntos, eu como Fotografo e ela como escritora de uma revista jovem.
Todo tempo em que estavamos juntos, e isso era MUUITO tempo, ja que trabalhavamos no nosso apê, faziamos sexo, era em todas as posições, em todos os lugares! Faziamos no banho, na cama, no sofá, na mesa da cozinha, na bancada americana entre copa e cozinha, no banheiro, durante a escovada de dentes e até na poltrona da varanda!
Querida Emily!

Ela era fogosa, sabia como vibrar e como rebolar no meu pau, me fazia gozar o dia todo, e quando trepavamos de noite, sempre lá pelas 2 da manha, depois do programa do Jô, meu saco ja nao tinha mais nada pra gozar, ela ficava o chupando a toda hora, mas nada saia de lá.

Ela andava de calcinha pela casa, e eu como nao era bobo, quando nao estava pelado, estava apenas de roupão e cueca.


Foram os 8 meses mais feliz da minha vida, afinal, ela levava algumas amigas dela para fazer fotografias lesbicas que vendiamos na internet por um preço absurdo. Por meses e meses vivemos apenas com as fotos vendidas, mal precisavamos trabalhar direito.

As amigas delas eram peitudas, algumas bundudas, e quase todas tinham uma tara por ficar se esfregando em vibradores, algumas tinham até vibradores multiplos, que traziam para o nosso apartamento, que nos finais de semana mais parecia Sodoma e Gomorra.




Certo dia, estavamos ja com a cabeça toda enfiada em champagne, e as amigas de Emily todas em Vodka. Decidiram fazer uma orgia comigo, tres garotas me agarraram na cama do quarto, enquanto uma chupava as minhas bolas, Emily esfregava sua xotinha no meu pau, que ficava duro rapido, enquanto a terceira garota sentou-se na minha cara pra eu poder chupar aquele grelo delicioso.

Eu chupava com muita vontade, enfiava a lingua dentro daquela xota deliciosa e cheirando a sabonete caro. Emily cavalgava freneticamente no meu pau, enquanto a outra chupava minhas bolas, parecendo que queria arranca-las de dentro do meu saco.

Quando Emily gozou em cima do meu pau, ela desceu e se deitou do meu lado, a amiga chupadora de saco se deitou em cima dela, enquanto trocavam beijos quentes, arrepitou bem a bunda pra mim poder enfiar com tudo. Foi uma das unicas vezes que me senti obrigado a comer o cu de alguem! Enfiei com tudo que pode naquele cuzinho delicioso! Ela gritou de prazer e dor, depois as tres começaram a rir, queriam ser fodidas freneticamente no cu, queriam ser cavalgadas! A terceira garota estava se divertindo sozinha com o vibrador que haviam levado, ela estava tão molhada que o lençol ja estava umido.


Quando estava prestes a gozar no cu da chupadora de Saco, segurei o mais firme que pude, no pompoarismo masculino, segurei a cintura de Emily abaixo dela e comecei a penetrar dentro do cuzinho dela. O Mais apertado que ja vi na vida! Ela gritava de dor, que era abafado pelos beijos quentes da amiga de quatro em cima dela.

Meti bombando a toda hora, a todo vapor no cu de Emily, dava pra ver claramente a sua xotinha comprimindo varios e varios orgasmos! E ela gritou, como quem quer desabafar algo.

Tirei o pau, nao tinha conseguido segurar, gozei em cima do cu e das xotinhas das duas.


Infelizmente, meu saco ja estava vazio, nao consegui fazer nada pra desmaiar a terceira garota de prazer, mas elas entenderam, ficaram por mais uns 30 minutos chupando e alisando o meu pau, enquanto eu continuava chupando e mordiscando a xota da terceira garota, que ficou só com o vibrador!

Que pena que meu namoro com Emily nao deu certo.

4 comentários:

  1. Muito legal a história! Belas imagens!

    Abraços!

    http://dafimastersex.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. uauuuuuu me arrepiei toda por aqui...
    que blog mais lindo ,arrumadinho e sex e ainda deixa a gente com muita vontade.....ameiii *-*

    Beijos quentes *-*

    ResponderExcluir
  3. Uau...quente mesmo. Como este namorou não deu certo,tais a brincar... imagino o que mais teria acontecido se tivesse dado certo *hi-hi-hi*!

    Grata por tua passagem a minha alcôva, regresse sempre.

    ResponderExcluir
  4. Que tesão de relato!
    Beijos prometidos

    ResponderExcluir